logomarca da amuceleiro
logomarca da amuceleiro
logomarca da amuceleiro
logomarca da amuceleiro
logomarca da amuceleiro

Enquete

O que você achou do nosso novo site?

ÓTIMO

MUITO BOM

BOM

REGULAR

Notícias

15/05/2017

O CITEGEM E A QUALIDADE DAS ÁGUAS DA NASCENTE DO LAJEADO ERVAL NOVO

       

Entre os dias 2 e 5 de maio de 2017 aconteceu na sede da Universidade Federal de Santa Catarina, o Encontro Sustentabilidade em Projeto. O encontro foi realizado no Centro de Cultura e Eventos da UFSC e teve como objetivo reunir estudantes de graduação e pós-graduação, profissionais e pesquisadores das áreas de Design, Arquitetura e Engenharia que têm a sustentabilidade como temática nos projetos.

 

O CITEGEM recebeu destaque no evento através da apresentação do artigo: Impacto Ambiental do Consórcio Intermunicipal de Gestão Multifuncional (CITEGEM) sobre a nascente do Lajeado Erval Novo, elaborado pela engenheira Luma S. Tejada.

 

O CITEGEM é um Consórcio Público criado no ano 1997 e, inicialmente denominado Consórcio Intermunicipal de Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos (CITRESU). Sediado no Município de Bom Progresso/RS e tendendo doze municípios consorciados na Região Celeiro do Estado. A atividade do CITEGEM consiste no processamento de resíduos sólidos urbanos, contemplando as etapas de recebimento, triagem, comercialização de materiais recicláveis e aterramento de rejeitos. Atualmente o Consórcio recebe diariamente cerca de trinta toneladas de resíduos sólidos urbanos.

 

Apesar de todos os benefícios e da importância do CITEGEM para a região, existe uma insegurança por parte da população em relação à localização do empreendimento. O aterro está instalado a duzentos e oitenta metros da nascente que dá origem ao Lajeado Erval Novo, manancial hídrico que abastece a população urbana do Município de Três Passos/RS. Ainda que a distância entre a atividade e a nascente atenda aos critérios técnicos estabelecidos pela legislação, essa questão causa desconforto para diversos segmentos da população atendida. É importante salientar que as margens do Lajeado são ocupadas, desde a nascente e quase que na totalidade de sua extensão, por atividades agrícolas, atividades estas que também apresentam potencial de impacto ao manancial.

 

É importante salientar que o CITEGEM monitora regularmente a qualidade das águas da nascente do Lajeado Erval Novo, bem como a qualidade das águas subterrâneas nos limites do empreendimento. No estudo apresentado na quinta edição do ENSUS (UFSC, 2017), objetivou-se avaliar e quantificar a ocorrência de impacto ambiental proveniente do aterro de resíduos do CITEGEM e da atividade agrícola sobre a nascente.

 

Após a realização de análises físicas, químicas e microbiológicas em amostras coletadas na nascente, nas águas subterrâneas e no solo em diferentes profundidades, chegou-se a um diagnóstico que aponta para as seguintes constatações:

 

- O fluxo preferencial das águas subterrâneas na área do CITEGEM não está conduzindo contaminantes provenientes das células de aterro;

 

- As análises de solo em diferentes profundidades não indicaram que contaminantes provenientes do aterro possam estar se infiltrando no solo através da condução pela água da chuva;

 

- Não foram detectados contaminantes característicos de aterros de resíduos nas águas da nascente;

 

- Entre os vinte e oito parâmetros analisados, a nascente do Lajeado Erval Novo apresentou concentração de substâncias acima do padrão de potabilidade apenas para parâmetros microbiológicos e para a presença de nitrato (principal forma em que o nitrogênio está associado à contaminação da água pelas atividades agropecuárias);

 

É importante salientar a importância da ampliação do estudo apresentado com enfoque na contaminação de atividades agropecuárias. Destaca-se que a elevação dos teores de nitrato na água é um indicativo de risco potencial de outras substâncias indesejáveis, tais como moléculas sintéticas de defensivos agrícolas que possivelmente se comportam de forma análoga ao nitrato.

 

Outro aspecto importante é a proteção da mata ciliar em torno dos mananciais hídricos. Atualmente, a nascente do Erval Novo possui vegetação nativa em um raio inferior a 15 metros de extensão, quando o ideal seria 50 metros.

 

Em relação à localização do CITEGEM, o monitoramento constante das águas subterrâneas e superficiais, bem como a análise dos atributos físicos do local, indica que a área é adequada para a operação de um aterro sanitário, desde que a atividade seja conduzida dentro das normas que a regulamentam.

 

Desde fevereiro de 2017 o CITEGEM está sendo presidido por uma nova diretoria que busca a modernização e o desenvolvimento sustentável da atividade. O atual presidente é o prefeito municipal de Campo Novo, Antonio Sartori, o Vice Presidente é o prefeito municipal de Coronel Bicaco, Jurandir da Silva, o Secretário é o Prefeito Alceu Diel de Tiradentes do Sul e o Tesoureiro é o Prefeito Fernando Wergmann, de Humaitá. O coordenador é o Sr. Edson Amauri Iora.

 

 Fonte: Luma S. Tejada

 

Cadastre-se

Cadastre-se aqui e receba o nosso informativo via e-mail

Campo obrigatório
Campo obrigatórioFormato de e-mail inválido

Agenda de Eventos


    Nenhum evento para os próximos dias!